fanzinetaz


gosto da idéia de apropriação artística. assim como os djs fazem; como em um ready made; antropofagicamente pega-se algo devora-se ao outro; sente-se o seu gosto; o gosto de suas predileções, penetra-se em seus caminhos, é como tomar-lhe emprestada sua poética e usá-la; é como pegar um pedaço do outro e devorá-lo, é interpretá-lo tão profundamente que quando você se dá conta, já está dentro da poética do outro e pode fazer o caminho de volta; esta tarde peguei um livro de manoel de barros pra ler; gosto tanto do jeito que ele escreve que sinto que seus poemas poderiam ser meus; aí escrevi, bem despretensiosamente, essa brincadeira que pode ser chamada de poema-homenagem:

 

recolher as estripulias da tarde

varar a noite pra dependurá-la no varal

sem deixar suas maciezas tomarem gosto de pedra

por detrás do entardecer tem muitas lesmas úmidas

que rogam pragas pros seus rastros secos

 

coisas importantes pra esquecimento de todos:

I. a tarde é macia a tarde

II. as lesmas são macias as lesmas

III. as pedras são macias as pedras

 

pode guardar tudo que dentro do breu seu susto já adormeceu.

no céu estrelas dormem e aqui no chão, em estado de árvore,

o dono do varal deste poema, no meio do pantanal que é sua casa

manoel: o que voa fora da asa

 



Escrito por francesco às 23h51
[ ] [ envie esta mensagem ]


Este é um blog de poemas mas nem por isso os comentários são mal-avindos, pelo contrário! Tudo pode ser dito e tudo será publicado! Portanto sigam as orientações abaixo e vamos lá! Este poeminha eu escrevi para a primeira edição do fanzine T.A.Z e consiste  na brincadeira de transformar os substantivos em adjetivos, no estilo Manoel de Barros. Coloquei a Lygia Clark aqui pelo caráter "terapêutico" que sua obra tem e acho que meu poeminha dialoga com esta idéia. Lembrando que a exposição "Lygia Clark - Do Objeto ao Acontecimento" está em Sampa na Pinacoteca do Estado até dia 26 / 03.

lygia clark

 

toalha sua vida

e os compromissos

torneira também ela

quando sobrarem viscos



Escrito por francesco às 16h15
[ ] [ envie esta mensagem ]


desorientado ocidente

quer incendiar o oriente

um mero incidente

ocidental acidente

cravo os dentes

da índia em sementes acidentais

genoma ostais cientistais

hare krishna deus gordo deus magro

oriente orienta

ocidente acidenta



Escrito por francesco às 17h57
[ ] [ envie esta mensagem ]


 

dissolver o tempo

em água santa

depois beber

e ver se adianta



Escrito por francesco às 17h00
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico
24/12/2006 a 30/12/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 chacal
 zanzara
 zanzara
 a casa
 a casa
 varal discos
 tiesco
 panacea
 renato negrão
 grupo poro
 tentativismo
 ligando palavras
 augusto de campos
 quinta poética
 tempo do rock
 arte e acaso
 bruno brum
 grupo verdade e interpretação
 blog zanzara
 matriz
 a obra
 mineiros uai
 bh music
 narrarte
 balaiovermelho
 PSIU POÉTICO
 errotica
 chave do som
 chacal
 dissonância.com cultura alternativa no front ! ! !
 zine do pirata