fanzinetaz


Outro dia me deparei com um grupo de música experimental muito interessante  e troquei algumas idéias com algum dos integrantes... transcrevo nosso diálogo:

diálogo sobre o silêncio

 

nas palavras mora um ruído

que atormenta o ouvido 

 

silêncio que não existe

fora do termo que insiste

 

 o zumbido eterno da existência

indecifrável ruído

o silêncio nunca existiu

todo o ido é ruído

e o que virá zumbirá

ser é ouvir o zumbido

que não se apaga

o imanente falatório inexistente

o parco ouvido mouco da alma

ressonâncias de um murmúrio

estremecedor

ensurdecedor

 

...nós queremos o silencio, mas eleela insiste que berremos...
...zumbis, marionetes dos sentidos que somos zumbimos...
...as cifras entre o infinitesimal e o infinito ruem pelas ruas com as 
quais 
iludimo-nos do controle...
...o silencio nunca existiu para poder estar sempre presente em 
potëncia de 
todo porvenir, reflexo do ido no vindouro, além do bojador...
...o que virá, ninguém sabe...
?ser é¿
...o que não se apaga se apega...
...o iminente úterofalo de Guerra-MãePai-de-Todas-as-Coisas...
...o ouvido da alma é o olvido do corpo...
...musicae: até as musas caem...
...a ressonäncia só seria viável com um som inicial... saudades da 
música 
que desconheco, tal qual Górgia... tal qual a de Górgia também...
...o que nos estremece é a dor... e existir é doer...
...o som relembra na faltabundäncia do amor a paz impossível na surdez 
dos 
absolutos...
...a música está acima e abaixo de tudo... é o verdadeiro religare que 
as 
fés almejam...trabalho, o tripalium, triplo empalamento (sal-ário 
rot-ina 
tédio) nada tem a a ouvir com isto...somos só o meio destes 
deusessons...as 
pontes com o domaldicäo da escuta, a es-cuta: a pele d'corpalma...


http://silencio.objectis.net/contatos.htm



Escrito por francesco às 18h35
[ ] [ envie esta mensagem ]


éisso...

depois de devorar todo o natal e beber o ano novo denovo ainda fiquei mais velho...

bom anonovo pra todos!

 charme do bis

todo ser gosta

de vir a ser de novo

outro olho num outro ovo



Escrito por francesco às 19h30
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico
24/12/2006 a 30/12/2006
20/08/2006 a 26/08/2006
30/07/2006 a 05/08/2006
23/07/2006 a 29/07/2006
09/07/2006 a 15/07/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
07/05/2006 a 13/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
23/04/2006 a 29/04/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
02/04/2006 a 08/04/2006
26/03/2006 a 01/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/03/2006 a 18/03/2006
05/03/2006 a 11/03/2006
26/02/2006 a 04/03/2006
19/02/2006 a 25/02/2006
05/02/2006 a 11/02/2006
29/01/2006 a 04/02/2006
22/01/2006 a 28/01/2006
08/01/2006 a 14/01/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
25/12/2005 a 31/12/2005
18/12/2005 a 24/12/2005
11/12/2005 a 17/12/2005
04/12/2005 a 10/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
13/11/2005 a 19/11/2005
06/11/2005 a 12/11/2005
23/10/2005 a 29/10/2005
16/10/2005 a 22/10/2005
25/09/2005 a 01/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005




Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 chacal
 zanzara
 zanzara
 a casa
 a casa
 varal discos
 tiesco
 panacea
 renato negrão
 grupo poro
 tentativismo
 ligando palavras
 augusto de campos
 quinta poética
 tempo do rock
 arte e acaso
 bruno brum
 grupo verdade e interpretação
 blog zanzara
 matriz
 a obra
 mineiros uai
 bh music
 narrarte
 balaiovermelho
 PSIU POÉTICO
 errotica
 chave do som
 chacal
 dissonância.com cultura alternativa no front ! ! !
 zine do pirata